Afetos e conflitos na internet

O Rio de Encontros, em sua quarta edição, realizada no dia 21 de julho, abordou dois aspectos aparentemente antagônicos e igualmente presentes na internet: Afetos e conflitos nas redes sociais. Como provocadoras, a pós-doutora em antropologia digital e professora da Eco/UFRJ Mônica Machado e a jornalista de tecnologia Cora Rónai. Na mediação, a socióloga e também curadora dos debates Silvia Ramos.

Cora Rónai, Silvia Ramos e Monica Machado, no Rio de Encontros / Foto: Audiovisual ESPM

O objetivo da série é estimular o livre pensar sobre a cidade e seus problemas e estimular a formulação de novas perguntas que apontem para novos caminhos e possibilidades para experiências mais criativas e solidárias de se exercer a plena cidadania. Evitar a repetição de chavões é essencial, ressaltou a diretora acadêmica d’O Instituto, Ilana Strozenberg, na abertura.

LEIA AQUI A COBERTURA COMPLETA DO EVENTO

Para ver as fotos do encontro, CLIQUE AQUI

Nem mesmo o trânsito nada tranquilo do Rio pré-Olimpíada inibiu a presença da plateia. Heterogênea por sua natureza, reuniu no auditório da ESPM Rio, no Centro, universitários, acadêmicos, jovens oriundos de projetos desenvolvidos na periferia do Grande Rio e que formam uma turma fixa a cada ano, profissionais liberais e representantes de ONG’s e outras entidades e projetos como Casa Fluminense, Vozerio, Universidade das Quebradas. Todas com o mesmo propósito.

– O debate hoje gira em torno dessa cidade virtual em que habitamos, que é a internet. Saudado por muitos como espaço de afeto e solidariedade, o ambiente virtual fomenta também disputas e segregações -, pontuou Silvia Ramos ao apresentar o tema e os convidados, saudar plateia e declarar a conversa aberta.