Rio de encontros e desencontros

Luiz Eduardo Soares, autor dos livros que deram origem aos filmes “Tropa de Elite 1 e 2″ / Foto Paula Giolito / o Globo

Como viabilizar o diálogo na cidade? Pergunta lançada, palestrante a postos e plateia atenta, assim começou a edição 2014 do Rio de Encontros, terça-feira, 25, na Casa do Saber Rio O Globo. Durante mais de três horas, o antropólogo e escritor Luiz Eduardo Soares, uma das maiores autoridades do país em segurança pública, discorreu sobre violência, preconceito, humanidades, política, práticas remanescentes da ditadura, as manifestações de junho de 2013, desobediência civil, desmilitarização da polícia.

O autor dos livros “Meu casaco de general” e “A Elite da Tropa 1 e 2” percorreu a trajetória do Rio no enfrentamento da violência, apontou distorções e erros, reforçou acertos, contou além dos 500 dias no front da segurança pública.

Uma conversa franca com jovens que desenvolvem projetos nas periferias da cidade e alunos da ESPM, nova patrocinadora e parceira do projeto, pesquisadores, representantes de instituições governamentais, arquitetos e urbanistas, professores, pesquisadores e jornalistas.

Para ver a cobertura completa, CLIQUE AQUI